Cidade Proibida

Chegamos no sábado direto ao hotel e já fomos nos encontrar com a Gracie, uma amiga da Fernanda que mora há quatro anos em Pequim. Ela meio que foi a nossa salvação: nos deu o endereço da loja de eletrônicos (onde comprei meu PS3), nos levou em uma bocada de bolsas e, o mais importante, nos deu uma revista com o endereço dos melhores restaurantes da cidade, incluíndo uma lanchonete americana, uma cantina italiana e um restaurante brasileiro.
Da casa dela já fomos direto para o Silk Market (Mercado da Seda). Pensa no paraíso das compras. Agora pensa no paraíso das compras com preços acessíveis. Esse é o Silk Market.
Depois de comprar tudo e mais um pouco, jantamos na All-Star American Burguer. Foi uma delícia comer uma comida não-chinesa, já que aqui a comida chinesa não tem nada a ver com o China In Box, principalmente na nossa província que é conhecida por ser a comida mais apimentada da China!
No domingo acordamos cedinho e fomos conhecer a Cidade Proibida. Linda! Extremamente cansativa devido ao seu tamanho, o calor que estava fazendo e o tanto de gente que tinha (tá, eu sei que tô na China).

Cidade Proibida

Entrada da Cidade Proibida


De acordo com o nosso guia da Lonely Planet, antigamente o preço a se pagar por entrar na Cidade Proibida era a morte. Hoje ¥60 (cerca de R$16,00) são o suficiente. E, pra quem quiser, tem um áudio-guia que pode ser alugado por ¥40 na entrada: parece um walkman e vai contando a história do lugar para quem usa o fone. Tem várias línguas, inclusive português. Mas nós preferimos ler as placas e ir pelo que os nossos guias impressos estavam indicando. Acho que dá mais liberdade para o passeio. Mas fica a cargo de cada um.
A Cidade Proibida tem uma história de aproximadamente 600 anos, tendo sido Palácio Imperial durante os primeiros 500. Quem ordenou que a Cidade fosse construída foi o Imperador Yongle, terceiro soberano da Dinastia Ming. Desde 1920 a Cidade foi transformada em museu, sendo chamada também de “Palácio Museu”.
Imperador Yogle

Eu e o Imperador Yogle.


A Cidade é enorme e é o agrupamento de prédios antigos mais bem preservado de toda a China. Definitivamente é um dos “lugares para conhecer antes de morrer”.
Não foi meu lugar favorito durante esse passeio, mas ficou bem marcado. Não que eu não tenha gostado, é só que eu gostei bem mais de outros!
Ah! E pra quem tiver a oportunidade de ir conhecer, sugiro que vá em um dia de semana. Nós fomos no domingo, véspera de feriado. Só o pior dia para se fazer esse tipo de passeio. Estava lotado! Muita gente do interior que foi pra capital passear. Sendo assim, muita gente que nunca viu um estrangeiro (ou, como eles chamam, um laowai). Acho que em dois dias de passeio tivemos que parar umas 15 vezes para tirar foto com os chineses. Isso sem contar os que tiravam foto da gente sem pedir e achando que não estávamos vendo.
Celebridade

Breno e Guilherme: celebridades.


Mais notícias, aventuras e desventuras no próximo post!

Anúncios
Published in: on 14/05/2010 at 7:22  Comments (5)  
Tags: , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://jusantana.wordpress.com/2010/05/14/cidade-proibida/trackback/

RSS feed for comments on this post.

5 ComentáriosDeixe um comentário

  1. Um viva pra Jujuba e pro Breno! Muito sucesso, saúde e paz pra vcs. Adorei os posts e as fotos, manda mais! xD

  2. […] do Céu No domingo, logo após sair da Cidade Proibida, fomos para o Templo do Céu. Na minha opinião, é o lugar mais bonito que visitamos em Pequim. De […]

  3. Fico imaginando esses chineses mostrando depois as fotos pros amigos… o que será que eles dizem? Que vcs são atores de Hollywood? Que são jogadores de basquete? Ou só: olhas essas pessoas estrangeiras que eu não sei quem são?

    Povo doido!

    • Acho que eles falam que a gente é amigo deles. Sei lá. Mas faz pose e sorri! hehehe

  4. […] nem nos monumentos dos Jogos Olímpicos de 2008. A Praça da Paz Celestial fica bem em frente à Cidade Proibida. Nós não fomos até lá em maio porque era feriado e estava lotado! A única coisa que eu queria […]


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: