Ah… Milão!

Continuando o desvio feito à Itália no começo do mês de outubro e congelado por conta da falta de computador e problemas com a internet na China, chegamos em Milão!
E quer lugar melhor pra chegar em Milão do que a Estação Central?

Stazione di Milano Centrale

Stazione di Milano Centrale


Depois fomos visitar o Duomo, que fica na praça central da cidade e é a construção em estilo gótico mais linda que já vi!
Eu e Breno em frente ao Duomo di Milano.

Eu e Breno em frente ao Duomo di Milano.


Breno e Guilherme em frente ao Duomo.

Breno e Guilherme em frente ao Duomo.


Mas mesmo com toda a beleza no lado exterior, o que mais gostei foi o interior da construção. O contraste da abóboda com o vitral
é deslumbrante… E as obras de arte lá dentro são de tirar o fôlego!
A nave da catedral.

A nave da catedral.


Lógico que, como estávamos lá mesmo, fui dar uma volta na Galleria Vittorio Emanuele II – também conhecida como o lugar que deu origem aos shopping centers como conhecemos hoje (só que beeem mais chique)!
Eu e Guilherme no centro da Galleria Vittorio Emanuele II.

Eu e Guilherme no centro da Galleria Vittorio Emanuele II.


E, ali, passando o Duomo e atravessando a galeria, fica o Teatro Alla Scala. Que, infelizmente, não tinha espetáculo nos dias que a gente ficou na cidade.
Teatro Alla Scala

Teatro Alla Scala

Ainda no mesmo dia fomos ao Castello Sforzesco, que após anos abrigando duques e até Napoleão foi transformado em museu.

Breno e eu em frente ao Castello Sforzesco.

Breno e eu em frente ao Castello Sforzesco.


Fato legal: no dia em que fomos conhecer o castelo estava tendo um discurso do Berlusconi pelo Partido Força Itália.
Fato suuuper legal: é nesse museu que fica a escultura inacabada de Michelangelo, a Pietà Rondanini.
Pietà Rondanini di Michelangelo.

Pietà Rondanini di Michelangelo.


E é lá que fica também um quadro de Francesco Galli, Madonna con Bambino.
Madonna con Bambino, 1495.

Madonna con Bambino, 1495.


E na parte de trás do quadro tem uma surpresinha: um recado de ninguém mais ninguém menos que Leonardo da Vinci.
Leonardo da Vinci, 1515.

Leonardo da Vinci, 1515.

E por último, mas não menos importante, está a felicidade do Breno: o Estádio San Siro – casa do Internazionale e do Milan (e no dia estava tendo jogo desses dois times, mas não tinha mais ingresso).

Breno no Estádio San Siro.

Breno no Estádio San Siro.

P.S.: E graças as dicas encontradas no Blog da Fê Matsu, conheci outlets maravilhosos em Milão. Quem for visitar a cidade vale a pena passar lá e imprimir a lista!

Anúncios
Published in: on 22/11/2010 at 22:46  Comments (1)  
Tags: , , , , ,

The URI to TrackBack this entry is: https://jusantana.wordpress.com/2010/11/22/milao/trackback/

RSS feed for comments on this post.

One CommentDeixe um comentário

  1. Ju, que lugar incrível! Meus pais também são super encantados com Milão e sempre falam que eu tenho que ir lá… tenho mesmo, rsrs!

    Vc tá precisando organizar um movimento para derrubar o governo chinês e facilitar o seu acesso à internet, rsrs!

    Fiquei emocionada com a sua ligação no meu niver! Chega logo!!!


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: