Templo do Céu

No domingo, logo após sair da Cidade Proibida, fomos para o Templo do Céu. Na minha opinião, é o lugar mais bonito que visitamos em Pequim. De longe, o mais bonito. E é o que dá mais sensação de calma, de tranquilidade, de paz.

Templo do Céu

Templo do Céu


É tudo grandioso. Não tem nada mais ou menos por lá. A escadaria que se vê na foto acima, por exemplo, é toda feita de mármore.
O Templo foi construído em 1420 e utilizado pela Dinastia Ming e Dinastia Qing com o intuito de ser um lugar para pedir a intercessão celestial para as colheitas e também para agradecer aos céus os frutos obtidos. É considerado Patrimônio da Humanidade pela UNESCO desde 1998.

Como o nome inteiro do Templo diz: Templo do Céu, um Altar de Sacrifícios do Imperador em Pequim, tinha que ter um altar de sacrifícios, né?
E é isso que está na foto abaixo. Esse altar foi construído em 1530, tem três terraços concêntricos rodeados de um tipo de varanda, todo feito em mármore branco.
Cada lance de escadas que conduzem ao altar é formado por 9 degraus, já que os chineses consideram o número 9 um número de boa sorte. A acústica especial do lugar permite que, se alguém fala no centro do altar, o som aumente e se escute em todos os locais da sala.

Altar de Sacrifícios

Altar de Sacrifícios do Imperador.


Nos arredores das construções principais tem um parque enorme, onde as pessoas vão para descansar, se encontrar, tomar um chá, praticar Tai Chi Chuan ou mesmo praticar caligrafia. Tem alguns que vão só pra ficar sem fazer nada mesmo.
Caligrafia

Chinês treinando caligrafia com água sobre pedra.


Mas, de qualquer forma, é um lugar lindo e que dá vontade de ir lá todos os dias e ficar lá o dia inteiro.
Mais fotos no flickr.

Anúncios
Published in: on 15/05/2010 at 14:42  Comments (10)  
Tags: , ,